Aproveite o Frio Para Fazer Patinagem

patinar-gelo

Se patinar no gelo é um dos seus passatempos preferidos, a “época da patinagem” este ano está ainda mais potenciada devido às baixas temperaturas. O site Hotels.com, elaborou uma lista de locais para ficar alojado mais perto das “rotas da patinagem”.

Maior ringue de patinagem do mundo (Ottawa, Canadá)

Todos os Invernos uma parte do Canal Rideau, em Ottawa, é transformada em nada menos que o maior ringue de patinagem do mundo – com um comprimento de 7,8km e uma área de superfície equivalente a 90 pistas olímpicas de hóquei. Hotels.com recomenda estadia no Minto Suite Hotel (****), que está situado muito perto do Canal Rideau, e é ideal para depois de um dia frio a patinar, dado que dispõe de SPA, sauna e piscina interior.

Maior ringue de patinagem da Europa (Budapeste, Hungria)

O maior ringue de patinagem no gelo da Europa encontra-se em Budapeste, no parque Városliget. Este parque tem um grande lago artificial que todos os Invernos é transformado num enorme ringue de patinagem através de uma máquina especial de congelação. O ringue tem mais de 12.000m2 e, desde 1996 que os campeonatos de patinagem rápida são realizados ali. O cenário é excelente, com um antigo castelo da cidade como pano de fundo. Hotels.com recomenda ficar no Mamasion Andrassy Hotel (*****), mesmo à saída do parque.

Patinar sob o sol da Cidade do México (México)

O maior ringue artificial de patinagem exterior, do mundo, está situado na capital mexicana. Na Praça Zocalo, o centro da Cidade do México, é construído todos os Invernos um grande ringue com 3km2, disponibilizando espaço para 1.200 patinadores ao mesmo tempo. 74kms de tubos e 10 máquinas gigantes de gelo mantêm o ringue congelado, apesar de o sol aquecer e estarem mais de 25 graus. Hotels.com recomenda estadia no Holiday Inn Downtown Mexico City (***), que fica numa esquina da Praça Zocalo, e cujo restaurante no topo do edifício tem uma vista excelente sobre a praça e o ringue de patinagem.

Patinagem apaixonada em Nova Iorque (E.U.A.)

Um clássico, que atrai anualmente 250.000 visitantes, é o ringue de patinagem do Rockefeller Centre, em frente à famosa estátua de Prometeu. Todos os dias há tantos pedidos de casamento neste ringue, que vários restaurantes e lojas começaram a oferecer prendas aos casais. Hotels.com recomenda a estadia no Millenium Hilton (****), perto do Rockefeller Center e de muitas das principais atracções de Manhattan. Perto deste hotel está também o ringue Wollman, no Central Park, pano de fundo para muitos filmes.

Patinar pelo Gorky Park (Moscovo, Rússia)

Os russos estão habituados a Invernos frios e são peritos em ringues de gelo – em Moscovo há 7 ringues interiores e 11 exteriores. Assim que o gelo se instala, os russos começam a despejar água no Gorky Park, assim transformado num gigantesco ringue de patinagem. A Praça Vermelha também se transforma todos os Invernos num ringue gigante, pelo que é o local ideal para aqueles que querem ter vista para alguns edifícios históricos, tais como o Museu Histórico Nacional, a Catedral de S. Basílio, e a Torre do Kremlin Spassky. Hotels.com recomenda ficar alojado centralmente na cidade, por exemplo no The Ritz-Carlton (*****), mesmo à saída da Praça Vermelha, e que oferece, entre outras coisas, SPA, piscina e sauna.

Patinagem no gelo na Torre Eiffel (Paris, França)

Em Paris é possível ir patinar na Torre Eiffel, a 57 metros do chão. O ringue tem o tamanho de um court de ténis e consegue receber 80 patinadores de cada vez, com excelente iluminação e música. O Hotel Pullman Paris Tour Eiffel (****) está situado ao lado da Torre Eiffel e tem uma vista incrível da Torre, a partir da sala de pequenos-almoços. Para quem tem medo de alturas, há um ringue de patinagem em frente à Câmara Municipal de Paris, visitado frequentemente por turistas e habitantes locais.

Patinar em Berlim (Alemanha)

Todos os anos, na Postdamer Platz em Berlim, é instalado um ringue de patinagem com 40 metros de comprimento e, ao lado, uma pista de toboggan com 14 toneladas de neve. Hotels.com recomenda ficar no The Mandala Hotel (*****), situado mesmo à saída da Postdamer Platz. Assim, depois de um longo dia no gelo, chega-se rapidamente ao SPA do hotel, ou mesmo a uma massagem no quarto. Berlim tem vários ringues de patinagem no gelo, um dos mais populares é o Berlin On Ice, na Bebelplatz em Unter den Linden. É também possível patinar no Horst Dohm Ice Stadium, em Wilmersdorf, e no Ringue de Patinagem Spandau, ambos muito bons e baratos.

Patinagem clássica em Londres (Inglaterra)

Londres tem oito grandes ringues exteriores de patinagem no gelo, mas o de Somerset House, frente a este edifício neo-clássico, é, sem dúvida, o mais famoso de todos. Um local próximo para ficar é o The Mad Hatter Hotel (***), num edifício típico inglês, com uma atmosfera acolhedora que caracteriza todo o hotel. Outras opções são por exemplo os ringues do Hyde Park, Museu de História Natural, Canary Wharf, Torre de Londres, Greenwich, Hampton Court Palace e Kew Gardens.

Paraíso de Inverno escocês (Edimburgo, Escócia)

Na capital escocesa, Edimburgo, os jardins da Prince’s Street recebem todos os anos um verdadeiro paraíso de Inverno, com um grande ringue exterior, rodeado de árvores e parques, e com o Castelo de Edimburgo como cenário de fundo. Para ficar a curta distância do ringue, Hotels.com recomenda a estadia no The George Hotel (****), com uma excelente vista dos jardins.

Deixe uma resposta

Fechar Menu