Devo levar Dinheiro, Cartão de Débito ou Cartão de Crédito para a minha Viagem?

carteiraEsta é com certeza uma pergunta que muitas pessoas fazem a elas próprias ou a outras, antes de viajarem. Não é fácil responder a esta questão, porque quer o dinheiro, quer os cartões de débito e crédito, têm vantagens e desvantagens. Vamos ver primeiro, quais são as vantagens e desvantagens de cada uma destas modalidades de pagamento, e depois tentar dar a melhor resposta possível:

Dinheiro

Vantagens:

. O dinheiro é conveniente. Se estiver a viajar no seu próprio país ou outro que use a mesma moeda, não precisa de procurar por bancos ou multibancos.

. Se estiver a visitar outro país com uma moeda diferente da sua, provavelmente vai pagar menos para trocar dinheiro pela moeda local do que pagaria usando outra forma de pagamento.

Desvantagens:

. É volumoso e inadequado para carregar.

. É um risco de segurança, pode ser facilmente roubado e não pode ser substituído.

. Se estiver a viajar por um país com uma moeda diferente da sua,  precisa localizar e visitar bancos para trocar o seu dinheiro para a moeda local.

Cartão de Crédito

Vantagens:

. Pode substituir o seu cartão de crédito, se o perder ou roubarem.

. MasterCard e Visa são aceites em muitos países ao redor do mundo.

. São fáceis de carregar.

. Pode reservar o seu hotel ou alugar um carro com cartão de crédito e a sua reserva está garantida.

. Pode receber adiantamento de dinheiro num Multibanco, por uma taxa.

Desvantagens:

. Os cartões de crédito podem não ser aceites em vários locais, como restaurantes por exemplo. Assim, ainda vai precisar de levar dinheiro para algumas compras e para emergências.

. Como acontece com qualquer transacção com cartão de crédito, você vai pagar juros sobre as compras que efectuar na sua viagem a menos que pague mensalmente o saldo total.

. As informações do seu cartão de crédito podem ser roubadas e trazer-lhe sérias complicações.

. Os bancos cobram taxas para transacções de moedas diferentes. Deve informar-se previamente no seu banco qual o valor das mesmas, antes de decidir usar o seu cartão de crédito.

Cartão de Débito

Vantagens:

. Se o seu cartão de débito fizer parte de uma grande rede, como o Plus ou Cirrus, por exemplo, pode usá-lo em muitos países.

. Pode visitar um Multibanco e usar o seu cartão de débito automaticamente para levantar dinheiro local, a conversão e taxas associadas aparecerão no seu extracto bancário.

. São pequenos e fáceis de guardar em segurança.

. Um cartão de débito, devidamente protegido, não pode ser roubado tão facilmente como o dinheiro.

Desvantagens:

. Se viajar para o estrangeiro, o cartão de débito, provavelmente, não será aceite em algumas lojas ou restaurantes; você precisa levar algum dinheiro para despesas diárias.

. Se o dinheiro acabar, não pode obter um adiantamento em dinheiro com o cartão de débito. Tem de ter consigo uma forma alternativa para emergências.

. Os esquemas fraudulentos nos Multibancos existem em todo o lado; você precisa de aprender a evitá-los.

. Nas zonas rurais, encontrar um Multibanco, pode ser difícil. Precisa de levantar dinheiro com antecedência e retirar o dinheiro suficiente para satisfazer as suas necessidades, até que volte para uma cidade ou vila.

Conclusão:

Muitos viajantes escolhem uma combinação destas opções. Antes de decidir qual delas irá funcionar melhor no seu caso, ligue para o seu banco e pergunte sobre as taxas de transacção e taxas de conversão de moeda.

Pessoalmente, uso uma combinação de pouco dinheiro e cartão de crédito se viajar para fora da União Europeia. Se viajar por Portugal e na União Europeia, levo algum dinheiro e uso preferencialmente o cartão de débito.

E você, qual o método de pagamento que usa quando viaja? Deixe o seu comentário.

Este post tem 2 comentários

  1. Levo sempre cartão de débito e crédito. Uso o de débito para levantar moeda local, pois prefiro sempre usar dinheiro. Apenas me compras de maior valor (hoteis, viagens, etc) é que uso o de crédito. Uma desvantagem do cartão de crédito que não foi dita é que em muitos sitios pedem uma taxa extra para sua utilização (fora as taxas normais dos bancos), o que acaba por “encaracer” a coisa

  2. Olá a todos

    Viajei no ano passado para a República Checa que ainda não aderiu ao Euro. Optei por fazer levantamentos do cartão de débito e pagamentos com o cartão de crédito. O meu banco cobrou-me cerca de 5€ por cada levantamento que fiz lá, explicaram-me depois que eram comissões entre os banco de cá, de lá, da SIBS, mais as taxas de câmbio, etc. Numa próxima vez tentarei levar já moeda local.
    Agora vou viajar para o Reino Unido e estou seriamente a pensar fazer o mesmo. Trocar cá euros por libras. O problema é mesmo a insegurança de o poder perder ou ser assaltada.

Deixe uma resposta

Fechar Menu