5 erros comuns que os viajantes cometem em Londres

Todos os viajantes cometem erros durante as suas viagens. Uns mais que outros, é certo, mas todos cometem. No entanto, quem viaja com um orçamento apertado deve e tem de errar menos que viajantes com orçamentos superiores. E numa viagem a Londres, evitar cometer os 5 erros que se seguem, pode fazer toda a diferença:

 Londres

1. Gastar tempo e dinheiro no London Eye

O London Eye não deve estar no topo da sua lista de coisas a fazer em Londres. Este conselho vem de alguém que ama paisagens e vistas aéreas, eu.

Além do preço exorbitante, na minha opinião, não se esqueça que Londres é uma cidade que está enublada durante grande parte do ano, o que pode fazer com que se arrependa amargamente de ter gasto dinheiro nesta atração. No verão, as probabilidades de ter céu limpo são muito maiores, mas o tempo de espera é muito superior e passar várias horas de um dia apenas em uma atração, não é bom negócio.

Se você é um ávido fotografo,  pode ou não ignorar esta dica, mas se viajar com a família, acho que deve direcionar os seus recursos em outras direções.

Leia também: As melhores vistas grátis e pagas sobre Londres

2. Ignorar atrações grátis

No Reino Unido, a maioria dos museus que recebem financiamento público, oferecem admissão grátis ou a um preço reduzido.

Entre as “jóias” grátis em Londres, está um dos melhores museus do mundo, o British Museum, assim como Tate Modern, National Gallery, entre outros museus grátis.

Além de visitar museus grátis, existem outras experiências grátis e memoráveis em Londres. Um passeio ao longo do rio Tamisa e/ou pelo Hyde Park, são duas experiências onde o tempo é bem gasto e não precisa de gastar dinheiro.

Leia também: As 10 melhores atrações grátis em Londres

3. Pagar demasiado por um quarto

Em Londres, até um quarto comum pode ser bastante caro. Não é nenhum segredo que cidades consideradas caras, adquirem essa reputação, em grande parte devido ao preço altíssimo do alojamento.

Tal como em qualquer grande cidade, existem várias opções de estadia em Londres: pousadas, bed & breakfast, apartamentos, hostels, etc. O preço neste tipo de alojamentos pode ser significativamente menor do que o que pagaria por um quarto de hotel, mas nem sempre funciona assim. A chave é explorar o que pode funcionar para o seu orçamento e itinerário, assim como para o número de pessoas que estão a viajar consigo.

Leia também: Hotéis baratos em Londres

4. Andar de metro em hora de ponta

Embora seja aconselhável usar o metro e outro tipo de transportes públicos em Londres, dê o seu melhor para evitar as horas de ponta, ou pode perder uma eternidade para chegar ao seu destino.

Planeie o seu itinerário para se deslocar de metro fora da hora de ponta e poupe o seu tempo (e nervos), para admirar os tesouros locais. Nunca se esqueça: o tempo é um recurso a ser conservado, especialmente num lugar como Londres.

Leia também: 2 maneiras de economizar nos transportes públicos de Londres

5. Comprar passes que não vai usar

Para alguns viajantes com dias para passar em Londres, os passes fazem muito sentido, não existisse tantas direções e atrações para ir e experimentar.

Mas nunca compre um passe, até que esteja certo que o mesmo oferece entrada para atrações suficientes, que você realmente quer ver. Some o preço padrão das entradas para esses lugares e, em seguida, considere a sua compra.

É tentador comprar passes, porque eles ajudam a contornar as filas de espera para comprar ingressos. Essa é uma razão válida, mas se só o fizer em uma ou duas atrações, as probabilidades são que você vai perder o seu dinheiro.

Leia também: Top 10 atrações com o London Pass

Você cometeu algum dos erros em cima mencionados, quando visitou Londres?

Deixe uma resposta

Fechar Menu