Experiências Radicais para as Férias

Experiências Radicais para as Férias

Para quem procura novidade e adrenalina, e está cansado da habitual opção entre praia, mar, montanhas e cidades culturais, o site Hotels.com seleccionou alguns dos destinos mais estranhos do mundo, para uma viagem louca e original:

Japão

O Japão é um país incrivelmente charmoso, mas durante o Verão pode tornar-se entediante: normalmente está a chover, e quando fica sol é costume ser difícil encontrar uma boa praia onde ficar estendido. A solução é o Ocean Dome. É o maior parque aquático do mundo, com uma piscina interior com 100 metros de profundidade, ao lado de uma cúpula que reproduz o céu azul nos dias enublados, e mantém uma temperatura fixa de 30 graus.

Ocean-Dome-japão

Estados Unidos da América

Os Estados Unidos têm sido pioneiros na criação de atracções que surpreendem os turistas. Assim, uma visita ao Grand Canyon poderá tornar-se numa experiência de perder o fôlego, se se decidir andar no Skywalk. Aberto desde Março de 2007, parece uma ponte pedonal proeminente de aço e cristal, ligada ao Grand Canyon por 21 metros, a partir da qual é possível admirar a paisagem com o sentimento excitante de estar suspenso no ar.

Alternativamente, para quem quer desfrutar da Costa Este e da atmosfera mágica da “Big Apple”, o Flags Great Adventure Park, em New Jersey, é uma experiência inesquecível. Ali, é possível viajar na montanha-russa mais rápida e mais alta do mundo. A Kinda Ka atinge uma velocidade de 206 km/hora e uma altura vertical de 139 metros.

Antilhas Holandesas

A ideia comum de férias é com praias brancas e mares calmos. A Saint Maarten island, no Noroeste das Caraíbas, oferece tudo aquilo com que se sonha. No entanto, por vezes acontece que um avião passa a poucos centímetros da cabeça dos turistas, dado que a pista de aterragem do Princess Juliana International Airport, está situada perto da praia Maho, tornando esta uma experiência incrível até para os passageiros do avião.

China

Na China encontram-se lugares cheios de charme e espiritualidade que são por vezes difíceis de ser alcançados. Este é o caso da Casa de Chá mais alta, no topo da montanha Huashan. É um local sagrado no qual é possível provar a típica bebida asiática, mas a única forma de lá chegar é indo por caminhos estreitos, passagens apertadas e teleféricos, tudo a duzentos metros de altura. A recompensa é uma vista inesquecível, igual ao medo que se sente para chegar lá.

Deixe uma resposta

Fechar Menu