Tipos de Turismo de Baixo Custo

Para onde viajar em cada mês do anoA crise financeira global dos últimos anos estão a alterar a tipologia do turista, o qual é forçado a adaptar-se às dificuldades resultantes da mesma. Em baixo estão 3 tipos de turismo de baixo custo cada vez mais usados no século XXI pelos turistas e viajantes mais afetados pelos tempos que correm:

Staycation – Este é o tipo de turismo low-cost padrão: passar férias em casa ou na zona circundante. É um tipo de turismo que tem a finalidade não só de gastar pouco dinheiro em viagens, mas também de conhecer mais profundamente todos os locais da sua própria cidade ou região. Inclui estadias curtas que permitem visitar exposições, assistir a espetáculos, ou simplesmente descobrir tesouros arquitetónicos, os quais devido ao ritmo louco do quotidiano, normalmente passam despercebidos aos habitantes de uma cidade.

Nano Breaks – Estas são viagens de curta duração, na sua grande maioria de apenas uma noite, com o objetivo de conhecer o destino de forma rápida e económica. O simples ato de ir de férias, ainda que apenas por uma noite, é relaxante e representa uma mudança relativamente ao stress e problemas da vida. Assim, desta forma os viajantes conseguem fugir do stress diário, nem que seja por um par de dias, e regressar com outra atitude.

FlashPacking – Esta é a versão séc. XXI do “mochileiro” mas com mais estilo, ou seja, os “flashpackers” combinam viagens de baixo custo, com alojamento, atividades e alimentação de maior qualidade. Outra característica é a constante utilização de novas tecnologias, ferramentas indispensáveis para as viagens, e através das quais pesquisam as melhores opções em termos de entretenimento e alimentação nas cidades para onde se deslocam.

Já praticou algum destes tipos de turismo de baixo custo? Deixe um comentário com a sua opinião e ou experiência.

Deixe uma resposta

Fechar Menu