Viajar Bem e Barato Dentro do Brasil

Veja em baixo os 10 mandamentos para viajar bem e barato dentro do Brasil:

RESERVAR COM ANTECEDÊNCIA

Não é balela. Quem deixa para a última hora ou chega a um hotel sem reserva vai pagar a tarifa de balcão, bem mais cara. Reserve um hotel barato.

FICAR EM ALBERGUES E BED & BREAKFASTS

Eles são cada vez mais comuns e melhores. E os albergues no Brasil não exigem carteirinha (embora ela possa dar descontos e prioridades). Reserve albergues baratos na HostelWorld.com

OPTAR PELOS PACOTES

Principalmente quando o destino é bem turístico, os preços são imbatíveis porque as operadoras conseguem vantagens ao negociar preços de hotéis e passagens aéreas.

PECHINCHAR

Sem medo de ser feliz. Os hotéis estão acostumados e podem dar descontos a quem se hospeda por pelo menos três dias.

EVITAR A ALTA TEMPORADA

Parece óbvio, mas não é. As tarifas podem dobrar de preço. Ir para Campos do Jordão em Junho (e não em Julho) ou para Porto de Galinhas em Dezembro (e não Janeiro) é quase a mesma coisa em tudo. Menos no bolso.

FUGIR DE RESTAURANTE DOS PASSEIOS

Geralmente, numa excursão, o grupo é levado a uma única opção de restaurante, que cobra caro pelo que oferece. Levar lanche é uma boa saída.

ALUGAR UM CARRO

Se estiver em turma e quiser conhecer atrações fora da cidade (como em Natal, Fortaleza, Recife etc.), pode custar menos que pagar os passeios individualmente para agências de viagem.

ABUSAR DO DAY USE

Dá para curtir tudo o que um resort de luxo tem de bom sem gastar com hospedagem – basta pagar para passar o dia.

ESQUECER O TELEFONE DO QUARTO

Até o celular em roaming costuma ser mais barato.

COMER RECEITAS COM INGREDIENTES TÍPICOS

Há três vantagens nessa prática: conhecer a cultura local, ter maiores chances de consumir produtos frescos e gastar menos – no Centro-Oeste, um prato com pacu sempre vai sair mais barato que um com salmão.

Deixe uma resposta

Fechar Menu