Viajar Para Sempre Sem Pagar Alojamento

Este artigo é para os mais aventureiros, para aqueles que decidiram viajar sem data para voltar. Em baixo vou deixar alguns sites com uma breve descrição sobre os mesmos. Esses sites são óptimas ferramentas, para quem quer fazer viagens duradouras, sem pagar alojamento.

WWOOF – Around the World

(http://wwoof.org)

WWOOF é um jogo de palavras “World Wide Opportunities on Organic Farms”. É uma organização mundial (em mais de 70 países) de fazendas orgânicas, jardins, negócios, fazendas, etc, onde uma pessoa pode fazer serviços em troca de alojamento, comida e formação.

Manutenção básica de jardins e fazendas, cozinhar, ensinar, tomar conta de crianças, são alguns dos serviços, para quem quiser adoptar este estilo de vida.

Enquanto navega no site, quase sempre encontra links para organizações voluntárias ou troca de oportunidades similares. É uma óptima maneira de fazer amigos, de cobrir as despesas de alojamento e alimentação, para não falar na experiência valiosa que daqui poderá retirar.

Couch Surfing
(http://www.couchsurfing.com)

Couch Surfing é uma rede de pessoas que estão abertos a abrir as portas das suas próprias casas para viajantes, quando não são eles próprios esses viajantes. O site orgulha-se de ter apenas membros de qualidade, o que assegura a segurança de quem viaja e de quem recebe. Mas, como em quase tudo na vida, mais vale continuar a ser prudente, caso vá para casa de estranhos ou vice versa.

Global Freeloaders

(http://www.globalfreeloaders.com)

Similar ao Couch Surfing, este site é um programa multicultural para viajantes e anfitriões. O registo é grátis.

Servas

)

Este é o original Couch Surfing e Global Freeloadres. Existe à pelo menos 50 anos e é reconhecida pela Nações Unidas. Além de ser uma rede para conhecer lugares e pessoas, voluntários à volta do mundo, trabalham pela paz em vários projectos.

Os anfitriões oferecem as suas casas e mesa de jantar por 2 noites (ou mais, se o anfitrião assim o entender) para viajantes que os contactem e que ganhem a sua confiança. Os viajantes têm de passar por um exaustivo processo que inclui uma entrevista pessoal, antes de serem aceites no programa.

Uma vez entrevistados e aprovados no programa, são-lhes dado um lista com os contactos dos anfitriões do país de destino do viajante.

Hospitality Club

(http://www.hospitalityclub.org)

O registo é grátis e parece ser o Servas do mundo online. Conseguem fazer este programa seguro, através da verificação do passaporte e do feedback online.

Estes, são apenas algumas das oportunidades no mundo para viagens duradouras, que descobri com um pouco de pesquisa (algumas, já conhecia).

Este post tem 3 comentários

  1. gostei muito dessa forma de vaijar,conhecer varias pessoas e descubrir q tem outros mundos…

Deixe uma resposta

Fechar Menu