10 dicas para visitar Paris por menos dinheiro

Visitar Paris pode ser caro, mas aqueles que lá gastam muito dinheiro geralmente pouco ou nada planearam. Comece com estes princípios básicos e faça a sua viagem de sonho a Paris:

Vista desde a Sacre Coeur

1. A melhor vista sobre Paris é grátis

Esqueça as filas e os ingressos caros na Torre Eiffel. A Basílica do Sagrado Coração (Sacre Coeur), oferece uma vista melhor e é grátis (foto).

2. Evite longas filas

O seu tempo é quase tão valioso quanto o seu dinheiro. Veja as maiores atrações turísticas de Paris, mas tente minimizar o tempo de espera na fila, quer para comprar ingressos, quer para entrar.

3. Abrace a baixa temporada

As multidões lotam Paris na primavera e verão. Se você estiver disposto a ir no final do inverno ou do outono, a poupança é significativa em tudo.

4. Considere o Paris Pass

Excetuando alguns itinerários, um Paris Pass faz você perder menos tempo e dinheiro nos guichés e entrada nas atrações mais famosas da cidade luz.

5. Compre alimentos nos mercados parisienses ao ar livre

Os restaurantes em Paris são uma experiência agradável e única da sua visita, mas se você comer em restaurantes, o mais provável é acabar com uma conta, no mínimo inquietante. Outra experiência parisiense não menos agradável e única, é comprar alimentos nos mercados ao ar livre para o seu almoço. Nem tudo o que vai encontrar à venda, é barato. Mas é provável que algumas refeições ou lanches comprados desta forma, fará você poupar dinheiro na sua alimentação, sem sacrificar a qualidade ou uma experiência memorável no processo.

Você deve isso a si mesmo e ao seu orçamento. Faça compras para um piquenique num dos mercados ao ar livre de Paris.

6. Encontre bairros amigos do seu orçamento

Onde estão os estudantes e os artistas? Muitas vezes em Paris, encontrar estes grupos também significa encontrar refeições a preços razoáveis ou quarto para a noite.

Os bairros Quartier Latin (lar de muitos estudantes), Montmartre (perto da Sacre Coeur) e Montparnasse (uma área tradicionalmente conhecida para artistas), são conhecidos por praticarem preços mais acessiveis. Existem outros bairros para explorar neste vasta cidade, mas não se esqueça que nunca deve sacrificar a sua segurança ou a higiene, por um preço mais barato.

7. O metro poupa dinheiro

Sim, está quase sempre lotado e às vezes é francamente desagradável. Mas o famoso sistema de metro de Paris abrange a cidade muito bem e ajuda a economizar bastante em custos de transporte. Como já deve saber, o mapa do metro é uma das 3 coisas sempre grátis em Paris.

8. A gorjeta deve ser mínima

Os restaurantes parisienses, já cobram uma pesada taxa do serviço prestado na conta ( 15%), ou seja, você já está a deixar uma gorjeta pelo atendimento prestado. Por isso, se quiser deixar, deixe apenas mais algum dinheiro como sinal de boa vontade. É o que os locais, fazem. Para este e outros destinos, talvez este guia de gorjetas o ajude.

9. Visite atrações grátis

Museus como o Louvre são baratos, dadas as maravilhas que oferecem. Há também museus menos conhecidos, mas gratificantes na mesma, mais ainda quando são grátis.

10. Procure por voos baratos

São muitas as companhias aéreas que voam para Paris e, por vezes, é um trabalho árduo procurar pelo voo mais barato. A minha sugestão é que deixe um comparador de preços fazer esse serviço. Acredite que pode poupar imenso tempo e dinheiro. Como é óbvio, existem exceções, como por exemplo algumas promoções que as companhias aéreas lançam exclusivamente nos seus sites.

Este post tem 2 comentários

  1. Obrigada pelas dicas. Eu as usarei.

  2. Eu usarei as dicas. Obrigada.

Deixe uma resposta

Fechar Menu